Compartilhe

AMMOC HISTORICO

Publicado em 10/08/2017 às 14:05 - Atualizado em 10/08/2017 às 14:14

 

   Os primeiros passos da entidade AMMOC começaram por ocasião de um encontro de prefeitos, ocorrido no ano de 1961, na cidade de Joaçaba - SC. Por sugestão do então prefeito do vizinho município de Herval d' Oeste, Julio Dariva, foi criada a Associação com base na existência da Associação Catarinense de Municípios, com escritório sede na Capital do Estado, mas que no entender dos prefeitos do Meio Oeste não vinha cumprindo a contento suas finalidades. 
        O primeiro presidente da Associação foi o prefeito de Videira, Cesar Augusto Filho e, na época sua constituição era integrada por 26 municípios:  Água Doce, Arroio Trinta, Campos Novos, Capinzal, Caçador, Concórdia, Curitibanos, Herval d' Oeste, Fraiburgo, Ibicaré, Itá, Irineópolis, Joaçaba, Lacerdópolis, Lebom Régis, Matos Costa, Ponte Serrada, Piratuba, Pinheiro Preto, Porto União, Rio das Antas, Salto Veloso, Seara, Santa Cecília, Tangará e Videira. Em 1963 com a criação de mais 11 novos municípios na região passou para 37 o número de municípios filiados à entidade: Catanduvas, Erval Velho, Ipira, Irani, Ipumirim, Jaborá, Ouro, Peritiba, Dois Irmãos, Treze Tílias e Xavantina.
          Até outubro de 1968 a sede da Associação não era fixa. Funcionava na cidade do respectivo presidente. No dia 31 de outubro de 1968 foi contratado o primeiro Secretário Executivo, Sr. Atílio Hermes e instalado o escritório na cidade de Joaçaba, na gestão do presidente Luíz Suzin Marini, prefeito de Concórdia, com o total apoio do prefeito de Joaçaba na época, Odilo Antonio Coppi.
        Atílio Hermes ressaltou que, a partir de 1968 a política associativa municipal tomou corpo e novas associações foram surgindo, acontecendo o desmembramento de vários municípios, quais sejam:
- Em 18 de outubro de 1968 foi criada a AMARP - Associação dos Municípios do Vale do Rio do Peixe para a qual se desmembraram 10 municípios da AMMOC: Arroio Trinta, Caçador, Curitibanos, Fraiburgo, Lebom Régis, Pinheiro Preto, Rio das Antas, Salto Veloso, Santa Cecília e Videira. 
- Logo em seguida se desmembravam da AMMOC os municípios de Irineópolis e Porto União, que passaram a integrar a AMPLA - Associação dos Municípios do Planalto Norte Catarinense.
- No dia 07 de maio de 1976, nova redução em municípios associados aconteceu com a criação da AMAUC - Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense, com sede na cidade de Concórdia. Desligaram-se os municípios de  Concórdia, Seara, Ipumirim, Itá, Irani, Ipira, Xavantina, Peritiba, Piratuba e Presidente Castelo Branco.
- Em 04 de outubro de 1978 foi criada a AMAI – Associação dos Municípios do Alto Irani, desmembrando-se  da AMMOC o município de Ponte Serrada.- Em 19 de abril de 1980 surgiu a AMURC – Associação dos Municípios da Região do Contestado desmembrando-se da AMMOC o município de Matos Costa.
- Em 01 de agosto de 1998 foi criada a AMPLASC – Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Catarina desmembrando-se da AMMOC o município de Campos Novos.
        Atílio Hermes atribuiu os desmembramentos a duas razões principais: em primeiro lugar, pela grande distância que separava o município associado da sede da entidade, dificultando a comunicação com o escritório sede. As dificuldades eram decorrentes da falta de telefone, aliado ao estado pouco satisfatório das estradas naquela época. Como segundo fator pode se citar a implantação, pelo governo do Estado, do sistema microrregional que, no início, dividiu o Estado em 13 microrregiões e, posteriormente, em 12 de dezembro de 1975 em 14 microrregiões, com a abrangência da Região do Alto Uruguai Catarinense. Posteriormente essa divisão alcançou 22 microrregiões que abrigavam 18 associações de municípios.
        Em 30 de março de 1992 emancipou-se o município de Vargem Bonita, passando a fazer parte da AMMOC, que, dessa forma, ficou constituída por 13 municípios. Com a criação do município de Luzerna em 29/12/1995 a AMMOC ficou constituída por 14 municípios. Posteriormente, no mês de dezembro de 2003, com a criação de Secretarias de Desenvolvimento Regional pelo governo do Estado, o município de Jaborá se desmembrou da AMMOC e passou a pertencer à AMAUC – Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense.
        Dessa forma, hoje a AMMOC conta com 13 municípios: Água Doce, Capinzal, Catanduvas, Erval Velho, Herval D´Oeste, Ibicaré, Joaçaba, Lacerdópolis, Luzerna, Ouro, Tangará, Treze Tílias e Vargem Bonita. Sua moderna sede esta localizada no município de Joaçaba, cidade pólo, e ocupa todo o andar superior de um prédio construído pelo governo do Estado. Teve um custo aproximado de Cz$ 1 milhão e foi idealizado na gestão do Prefeito de Capinzal, Celso Farina em 1984. Coube a diretoria encabeçada pelo prefeito de Treze Tílias, Afonso Dresch e que entregou o cargo por ocasião da inauguração, o término da obra, custeada pelos 13 municípios associados. Nestas novas instalações, com 364 metros quadrados estão sendo centralizados todos os trabalhos administrativos e técnicos da associação.

        Todos os prefeitos integrantes da AMMOC ressaltam a necessidade de indispensável da entidade omo um mecanismo de prestação de serviços e de assistência técnica. Além disso, se constitui num expressivo grupo de pressão política junto aos governos estadual e federal, podendo representar um verdadeiro instrumento de promoção do aprimoramento técnico-administrativo das municipalidades envolvidas.

 


Rua Roberto Trompowski, 68, Centro, Joaçaba - SC
CEP: 89600-000